Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis




Blog do Caze
 


Desigualdades sociais:um

mal que sempre haverá

Acabo de ler matéria no 180graus, dando conta de que a Justiça estadual concedeu liminar ao Teresina Shopping, para que menores só entrem no estabelecimento acompanhados de adultos responsáveis. Haverá policiamento do estado para impedir o descumprimento das normas. Espera-se agora que os defensores das igualdades sociais não invoquem os direitos humanos.

Não foi para que adolescentes e jovens saíssem puxando armas em ambientes públicos que se fez a democracia no Brasil, com uma gigantesca campanha do desarmamento. Não existe a igualdade social apregoada pelo governo. Não existe também vida social decente no Brasil, porque as condições financeiras da maioria das famílias não permitem que os pais paguem as mensalidades dos filhos em um clube social.

Houve um período do golpe militar de 1964 que o governo liberou a pornografia, de modo a desviar os jovens das ideologias políticas. Petrônio Portella teria sido o artífice dessa medida que deu certo para os ditadores. O atual governo lavou as mãos para a juventude, permitindo que grupos interditassem rodovias, pontes e viadutos em protestos sem justificativa nenhum. Está agora a presidente Dilma, tardiamente, defendendo instalação de delegacias de polícia nos estádios de futebol, para a temporada da Copa do Mundo que se aproxima.

Enquanto a Justiça do Piauí adota uma medida extrema para conter a desordem num ambiente comercial e social como o Teresina Shopping, o ministro da Justiça faz um “pedido” aos jovens e adolescentes, para que façam seus protestos pacificamente. É inaceitável a existência de torcidas organizadas para promover badernas nos estádios de futebol. Seria mais lógico que o ministro pedisse aos jovens que não vaiassem a presidente da República.

Estamos bem próximos de saber como irão se comportar os que afirmam que não haverá Copa do Mundo, e quais as medidas que o governo adotará para não gerar desconforto a milhões de torcedores daqui e os que virão de fora para ver os jogos no Brasil. Foi com medidas paliativas de educação contra as drogas que os traficantes se deram bem, estando hoje a situação descontrolada. 



Escrito por Raimundo Caze às 21h23
[] [envie esta mensagem
] []





Edson Ferreira e Robert Rios

batem forte em Dilma Rousseff

O retorno do deputado Robert Rios (PDT) à Assembleia Legislativa provocou uma movimentação maior no plenário, depois que ele cobrou mais transparência da Mesa Diretora na colocação de matérias para votação e também pela veemência de seus discursos contra o governo federal. Antes dele, apenas o deputado Deusimar Brito (Tererê – PSDB) atacava diretamente a presidente Dilma.

Na sessão de hoje (06) outro deputado que estava ocupando secretaria, Edson Ferreira (PSD), fez um pronunciamento forte contra a presidente da República. Ele disse não entender como o PT acha que ela vai bem, se toda vez que diminui seu percentual nas pesquisas as bolsas sobem. Edson Ferreira foi aparteado por Robert Rios, que considerou a presidente incompetente. Ele deu conta de má remuneração na Polícia Federal, manifestando sua solidariedade aos colegas de carreira na PF.

A bancada do PT na Assembleia está desfalcada de dois membros que não deixavam ataques ao governo sem resposta. João de Deus e Flora Izabel. O único contundente que continua na Casa, Cícero Magalhães, foi cauteloso ao responder Robert Rios, em aparte a Edson Ferreira. Os deputados Fábio Novo, Rejane Dias e Merlong Solano são bons oradores, mas têm estilo diplomático.

Robert Rios praticamente não exerceu seus mandatos. Durante quase dez anos ficou à frente da Secretaria de Segurança. Com facilidade de expressão e agilidade de raciocínio, ele tem a fama de abrir polêmica. Tudo leva a crer que ele partirá para a reeleição se mantendo na Assembleia. Com uma TV aberta, transmitindo as sessões ao vivo, ele é o que o PT não esperava, sobretudo neste momento de pré-campanha eleitoral.



Escrito por Raimundo Caze às 22h07
[] [envie esta mensagem
] []





Ataque e defesa em ano

de copa e de sucessão

Em ano de Copa do Mundo não se pode dizer que o ataque é a melhor defesa, isso porque, em futebol, o ataque só produz efeito quando a defesa ultrapassa o meio de campo. Em política é possível substituir a defesa pelo ataque. Foi o que decidiu o Partido dos Trabalhadores, em recente encontro nacional, que resultou na edição de uma cartilha com essa doutrina.

Como seria o ataque do PT em lugar da defesa? Dizer que corrupto foi o governo FHC, e não o de Lula? Isso não convenceria o eleitor, por dois motivos: Lula substituiu o presidente tucano e abafou tudo aquilo que havia denunciado, antes e durante a campanha eleitoral. Como nordestino Lula sabe que corrupção não é farinha, que o agricultor armazena, prevenindo-se contra a seca seguinte.

Lula e Dilma Rousseff têm companheiros presos por corrupção e um refugiado na Itália e vão enfrentar uma CPI para investigar escândalos na Petrobrás, também com um dos envolvidos na cadeia. Querer rebater esses fatos com ataque é ir muito longe na crença de que o povo aceitará isso passivamente. É brincar com a inteligência dos outros.

Outro equívoco do PT é achar que criando um exército de “boateiros” nas redes sociais convencerá o povo de suas utopias. De que adianta dizer que a imprensa livre é golpista, se os veículos que ainda não se renderam ao poder têm uma longa história e foram eles que mais divulgaram as propostas do PT, até descobrirem que estavam promovendo o “embuste”?

A resistência de Dilma em não responder à oposição é diferente daquela em que ela preferiu a tortura a ter que delatar seus companheiros de esquerda. Ali a coragem e a fidelidade mereceram prêmio. Na situação atual, a oposição não precisa de confissão da presidente. Não é ela que está presa. São os seus companheiros de partido, e já está provado que eles não são tão resistentes. Sem qualquer tipo de tortura, já estão praticando delações mútuas.



Escrito por Raimundo Caze às 11h42
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]